FAMÍLIA: INSTITUIÇÃO SAGRADA

No mundo em que vivemos, infelizmente a família tem sido deixada em segundo plano e não tem recebido o devido valor dado por Deus. O conceito de família vem sendo remodelado e modificado. Todavia é uma instituição sagrada porque foi criada pelo próprio Deus. Após Deus ter criado o homem, Ele disse: “Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea”. (Gn. 2.18). Criou assim Deus Eva para ser a companheira de Adão estabelecendo a família.

É muito importante a vida em família, pois as pessoas necessitam umas das outras. Família é um lugar de coparticipação, composta de vários membros ligados por um relacionamento entre pais e filhos, esposo e esposa. Ninguém vive só, portanto a nossa família se torna muito importante em nosso viver. É onde encontramos abrigo.  É um lugar de aceitação porque somos aceitos apesar dos nossos fracassos e não somente pelas nossas virtudes. Onde nos firmamos como pessoa, quando erramos somos perdoados, quando ficamos tristes somos consolados.  Através da mesma sentimos o amor de Deus.

A salvação é individual, contudo vemos na Bíblia que Deus pensa em nós como famílias e não apenas individualmente. Quando o Senhor chamou Abraão e fez com ele aliança, estava focando a família: “Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção!. Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra”. (Gn 12.1-3). No plano de Deus, a família tanto é abençoada como também é abençoadora. Há uma evidente relação entre as bênçãos divinas e a família. O Senhor fala em multiplicar a família de Abrão com o propósito de abençoar TODAS as famílias da terra. É fundamental que entendamos esse propósito divino para a família. Entender o projeto de Deus nos ajudará a discernir o valor que Ele atribui à família.

Deus quer fazer de nossa família a base do reino dEle! E para o cumprimento deste propósito a família tem que colocar Deus em primeiro lugar. Isto significa as nossas prioridades, o que tem mais importância para nós, é aquilo que ocupa mais a nossa mente e o nosso tempo. Quando cumprimos suas ordens estamos mostrando que seu reino tem valor. Para buscarmos o seu reino em primeiro lugar precisamos renunciar a nossa vontade e confiarmos em nosso Deus. Podemos então ter a certeza de que o Senhor vai suprir cada uma das nossas necessidades, pois Ele disse que cuida de nós, que nos sustenta, e que acrescenta aquilo que precisamos, pois passa a lutar as nossas lutas e pelejar as nossas batalhas.

Quando a família decide deixar a fé apenas para a igreja, e não na rotina do lar, não está se apropriando adequadamente de todas as bênçãos que o Criador tem para ela. Não adianta o filho ir à igreja de segunda a segunda, se ele não vê o pai orar, ou a mãe sendo misericordiosa, por exemplo. Se a família resume sua fé em ir aos cultos no final de semana sem pôr em prática no seu dia a dia a Palavra de Deus, sua estrutura está sendo edificada sobre a areia. Somente através dos ensinamentos das Escrituras poderemos edificar o nosso lar sobre a Rocha (Cristo). Guardando os mandamentos do Senhor estaremos alicerçando nossa família em princípios e valores fortes e profundos, capazes de proporcionar proteção e aperfeiçoamento. Seremos capazes de suportar as tempestades da vida. Como pais, temos o papel de criar nossos filhos no temor do Senhor. A prioridade absoluta da família é manter o amor, a unidade e a fé, mas para isto é necessário aplicar os ensinamentos de Deus em nosso lar. O plano de Deus para as famílias é sempre de felicidade, paz e harmonia. Nascida no coração de Deus, a família é alvo constante do seu amor inesgotável. Só há felicidade duradoura no lar quando há ação constante de Deus, o mantenedor e consumador da fé na família.

Pastor Ronaldo Teixeira Gama

Deixe um comentário