EVANGELIZAÇÃO É UMA ORDEM DE DEUS

EVANGELIZAÇÃO É UMA ORDEM DE DEUS

“E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos16:15)

Há somente um caminho para a salvação: Jesus Cristo. Ele mesmo disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. (Jo 14.6). Somente nós, os cristãos, temos o pleno conhecimento desta verdade. Como podemos deixar de falar de Cristo? Devemos evangelizar porque amamos o nosso próximo e não queremos que ele se perca eternamente sem Cristo.

O apóstolo Paulo nos dá um grande exemplo deste amor e estava disposto a sacrificar-se a fim de pregar o evangelho: “… mas em nada tenho a minha vida como preciosa para mim, contando que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus”. (At 20.24) Mas por que evangelizar?

1- Deus nos chama para sermos representantes de Deus. “De sorte que somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por nosso intermédio. Em nome de Cristo, pois, rogamos que vos reconcilieis com Deus”. (II Co 5.20) Ser embaixador significa “ir como representante”. Em sua missão o embaixador deve levar àqueles a quem é enviado a agirem favoravelmente para com aquele a quem o enviou. No sentido espiritual deve o embaixador levar os homens a compreenderem a sua necessidade da benevolência do Senhor, e se reconciliarem com Ele. Portanto serão contados como inimigos, enquanto essa reconciliação não for efetuada.

2- É um mandamento que o Senhor nos deu: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias, até à consumação dos séculos”. (Mt 28.19 e 20). Esta é uma obrigação de todo salvo: “Se anuncio o evangelho, não tenho de que me gloriar, pois sobre mim pesa essa obrigação; porque ai de mim, se não pregar o  evangelho!” (I Co 9.16)    

Pregar o Evangelho é uma obrigação nossa como cristãos, mas também um privilégio.

Um dos maiores privilégios do crente é poder cooperar com Deus levando a Sua Palavra para ganhar almas para o Seu Reino. – “E eles, tendo partido, pregaram em toda parte, cooperando com eles o Senhor e confirmando a palavra por meio de sinais, que se seguiam.” (Marcos 16:20) Que privilégio glorioso é o de pregar a Palavra, pois fomos escolhidos por Deus para este trabalho!

Levar as boas novas de salvação é um compromisso de vida. Ao olharmos para Jesus que se doou até a morte de cruz por nós pecadores, seu imenso amor nos leva a desejarmos produzir frutos. O amor pode transformar a perdição eterna em salvação, o ódio em amor, a rivalidade em amizade e a morte em vida. Nós temos a responsabilidade de fazer pelas pessoas aquilo que o nosso Senhor fez por nós. Para isso fomos chamados e salvos, para seguir o exemplo e os passos de Jesus.

Quando nos lembramos da situação pecaminosa das pessoas sem Deus, sem paz, dominados pelo pecado, e do fim triste que está reservado na eternidade, temos razão de sobra para empregarmos todos os nossos esforços, a fim de levarmos outras pessoas a Jesus. Portanto, evangelizar é um ato de obediência e amor a Deus e à sua Palavra. Esperamos que esta verdade se torne viva e eficaz na vida diária de todos aqueles que confessam a Cristo como Senhor e Salvador.

Vale lembrar João 9:4: “É necessário que façamos as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar”.

A responsabilidade da pregação é minha e sua. Cumpramos, pois, com a nossa obrigação, e demonstremos o nosso amor por Deus e pelo próximo!

Pastor Ronaldo Teixeira Gama

Deixe um comentário